Recordar o passado, tornando-o presente, com uma perspectiva moderna e inovadora é o objectivo do Grupo Sem Eira, Nem Beira - Concertinas de Góis.

Constituído por 9 elementos, somos um grupo musical de concertinas que tem como objectivo dar vida às músicas e bailes tradicionais ao som da concertina nas aldeias de Góis e da Beira Serra.

Temos um reportório caracterizado por músicas tradicionais portuguesas com alguma influência minhota e alentejana, mas com uma forte preocupação em recuperar aquelas modas e fados antigos que se tocam nos bailes das aldeias por essa serra fora.

O grupo é constituído por crianças, umas mais novas e outras já de cabelo branco, mas todas com uma forte vontade de animar e tocar para todos aqueles que queiram ouvir os sons da eira e da beira. O nome do grupo é um jogo de palavras e um desafio às expressões tradicionais que classificam de forma negativa a motivação e a cultura das pessoas. Queremos enaltecer o espírito serrano e a cultura popular da concertina. Não temos eira nem beira, mas uma vontade inabalável de tocar e animar. Não temos vergonha de ser serranos e de mostrar a nossa cultura.

Não somos músicos, mas artesãos da música. Combinamos os tempos modernos com os temas antigos. Temos mulheres a tocar concertina e uma cantadeira que transforma as músicas num hino aos valores tradicionais.

Sem Eira, Nem Beira são constituídos por Afonso Silva, Andreia José, Jaime Barata (ensaiador), Manuel José (tabuinhas), Maria Odete, Mariana Ventura, Mário Victor, Paulo Silva, Sofia Lima e a nossa Jessica.

Para contactar para espectáculos, actuações ou para nos dar uma achega qualquer, contacte Jaime Barata 964440813 ou Paulo Silva 914197769 ou envie-nos um mail para concertinas.semeiranembeira@gmail.com

domingo, 12 de Dezembro de 2010

Feira de Natal 11 Dezembro 2010 Aigra Nova

Foi ontem que se realizou a 1ª Feira de Natal na Aigra Nova (Aldeia do Xisto) organizado pela Lousitânea no âmbito da Agenda 21 Local.
Porque houve alguns grupos que não puderam comparecer, o Grupo Sem Eira Nem Beira dividiu o palco da Feira (a eira da aldeia) com o rancho Folclórico As Sachadeiras da Várzea tanto de manhã como de tarde.
O dia estava muito ventoso como se pode ver na imagem... foi bom, porque quem não pude estar presente e assistir, ouviu a animação ao longe, porque o vento de sul levou as melodias até à vila!
Acabou por ser um dia bem passado, principalmente com interacção que se criou com o Rancho Folclórico As Sachadeiras da Várzea. Um muito obrigado a todos os elementos na pessoa da Almerinda. Tivémos a oportunidade de gravar um vídeo de uma das músicas e como prometido é devido, fazemos aqui um link para esse momento - video do Rancho Folclórico As Sachadeiras da Várzea
Mas o melhor estava para vir e no final do dia, quem é que aparece na Aigra Nova? O Mestre Marcelo da Chã de Álvares... engraçou com o Afonso e parece que está feito o casamento para o futuro... "vá Afonso, puxa pela concertina que ela dá mais do que tu pensas..." Ainda tocámos mais algumas músicas com o Marcelo, nomeadamente o "fado da Carrasqueira" que tivémos oportunidade de gravar em vídeo. Aqui vai:
vídeo do "fado da Carrasqueira" com o Marcelo (a qualidade da gravação não é grande, porque foi improvisada).
Ficou neste dia provado que o Marcelo é o grande mestre de Góis em concertinas. Um abraço para ti Marcelo!
Para terminar agradecer uma vez mais a forma como a Lousitânea (nas pessoas da Sandra e da Isabel) nos recebeu na aldeia, fazendo-nos sentir que estamos em casa. Já passámos grandes momentos no passado nesta aldeia, passámos ontem um dia maravilhoso e iremos passar muitos mais no futuro!

Sem comentários: